Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeitura suspende a realização de plebiscito sobre a ampliação da Praça da Matriz

Publicado em 12/10/2021 às 18:29 - Atualizado em 12/10/2021 às 18:29

A decisão foi tomada depois que o pároco encaminhou carta ao prefeito Eder Mattos, demonstrando a sua contrariedade ao projeto e demolição do antigo prédio da catequese

A Administração Municipal de Meleiro promoveu vários debates para que a igreja decidisse sobre o assunto da demolição do antigo prédio da catequese e do projeto inovador com a ampliação da Praça da Matriz, visando dar maior visibilidade ao Centro de Meleiro.

“Como não houve a manifestação da igreja lá atrás, reunimos o Conselho de Administração e todos decidiram em fazer o plebiscito no dia 7 de novembro. Porém, com o recebimento da carta do pároco Ludgero, manifestando o desejo de que a construção não seja derrubada, vamos atender. Aprendi que devemos respeitar o padre, o pastor porque são autoridades importantes do município, recebemos com muita tranquilidade essa informação e esperamos que as pessoas que estavam contra o projeto possam buscar alternativa de estacionamento na área central”, afirma o prefeito Eder Mattos.

Praça da Estação

A Administração Municipal pretende agora envidar esforços para a construção da Praça da Estação, nas margens do Rio Manoel Alves, que busca resgatar a história de Meleiro. No local funcionou a antiga Estação de Força e Luz no século 19 e abastecia com energia elétrica as cidades de Meleiro e Araranguá.
Fotos:
Legenda: Imagem do projeto de ampliação da Praça da Matriz
Foto da parte frontal do Salão Paroquial com o antigo prédio ao lado