Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeito Eder Mattos entrega Projeto Técnico da SC 443 na Secretaria de Infraestrutura do Estado

Publicado em 27/12/2021 às 21:12 - Atualizado em 27/12/2021 às 21:16

Prefeito Eder Mattos entrega Projeto Técnico ao Secretário Adjunto da SIE Alexandre Martins Baixar Imagem

Rodovia que liga Meleiro a Nova Veneza é de vital importância para o desenvolvimento do turismo e escoamento da produção

Florianópolis

O novo projeto técnico, adequado ao padrão exigido pela Secretaria de Infraestrutura, visando asfaltar 9 km da rodovia SC 443, que liga Meleiro a Nova Veneza, foi entregue no dia 22 de dezembro pelo Prefeito Eder Mattos, ao engenheiro civil Alexandre Martins, Secretário Adjunto da Secretaria de Infraestrutura do Estado. A obra tem um custo de R$ 46 milhões. Na entrega do projeto técnico o chefe do executivo meleirense esteve acompanhado do diretor da empresa Idealize Engenharia e Arquitetura, Daniel Buzanello. O deputado estadual Volnei Weber, que acompanha os trâmites junto ao Governo do Estado e havia marcado a audiência participou do ato. Segundo o parlamentar, o governador Carlos Moisés já sinalizou sua vontade em realizar a obra.

Obra terá particularidades como passa-gado e será elevada em 1,5 metros para evitar alagamentos

De acordo com o diretor da empresa responsável pelo novo projeto técnico da SC-443, Daniel Buzanello, as alterações sugeridas pelos engenheiros da Secretaria de Infraestrutura foram incorporadas ao projeto existente e até o final de janeiro de 2022 os técnicos darão parecer sobre o mesmo. “O traçado inicia no limite com Nova Veneza e termina na Rua Luiza Napoli Canela, em Meleiro, totalizando 9 km, será toda executada no padrão SIE, com recursos do estado, o greide (altura) dela vai subir 1,20 a 1,50 metros, terá 10 metros de largura com 7,5 cm de asfalto, incluindo o acostamento, a drenagem foi redimensionada para comportar as questões de chuvas e possíveis enchentes, já que existem trechos que alagam, 4 passagens para o gado, por ser uma região de bacia leiteira e todo o traçado é margeado por áreas de arroz irrigado com alta umidade e a única forma para que não venha a danificar a estrutura da rodovia”, revelou Buzanello.

Prefeito espera que rodovia saia do papel

O prefeito Eder Mattos está confiante de que com as modificações solicitadas pela Secretaria de Infraestrutura, esta obra definitivamente sairá do papel. “O asfalto é uma antiga reivindicação dos moradores, agricultores que precisam escoar a safra e para o desenvolvimento do turismo. Já fizemos manifestações pelo asfalto junto com lideranças do município e vamos acreditar que 2022 será o ano da execução desta obra, juntamente com outras importantes obras que projetamos”, afirma.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar